exFAT e o computador engordando!

Os sistemas de arquivo quanto mais gordo melhor e não quer dizer que ele é exFAT! Também conhecido como FAT64, é a evolução do famigerado FAT32, mundialmente usados em dispositivos portáteis e sua aplicação é muito comum em pendrives e MP3 Players.

Entre o FAT e NTFS tem o exFAT!

exFAT é o meio termo entre o FAT32 e o NTFS. Ele dá alguma sobrevida para esta tecnologia com capacidade de gravar capacidade superiores 4GB por arquivo. Agora o suporte ao exFAT em Windows XP basta fazer o download dele aqui.

Enquanto isso, muitos sofrem na mãos da empresa detentora desta tecnologia por questões de patente por causa do suporte a FAT querendo cobrar royalties e já surgem novos protocolos de dados para estes dispositivos, como a Sandisk, a Nikon, a Google, com sua famílias Galaxy Nexus ou em nossas bandas o Galaxy X, e muitas outras já implementa o MTP para comunicação podendo até ficar livre a escolha do sistema de arquivo. A ressalva que está descartada para Windows XP por causa de sua idade!

Antes e Depois de usar o exFAT

Antes e Depois de usar o exFAT

NTFS vs FAT vs exFAT

Encontrado este post, me levou para um comparativo que você encontra aqui.

[UPDATE: 04/08/2012 08:00]

Conclusão

Estou me esquecendo de concluir o post e passar a dica para Linux do exFAT e MTP. Achou simples adicionar o suporte para estas tecnologia? Concluindo a ideia é liberdade! Todo mundo quer estar livre taxação, principalmente em obamas e dilmas,  por uso de tecnologia para vender seu peixe e no LINUX está sendo possível levar ao povos graças ao FUSE, o Filesystem Userspace, abaixo um pequeno trecho desta tecnologia!

Hamacker escreveu:
O FUSE – Filesystem in UserSpace – é o que permite montarmos unidades de discos que inicialmente não estavam planejados para serem usados. O FUSE é muito importante num sistema Linux porque dá a capacidade dum programa operar certos tipos de arquivos como se fossem um filesystem, por exemplo, em sistemas virtuais você cria e usufrui dum disco virtual, pois então, como esse disco virtual é manipulado pelo Virtualizador? Provavelmente são manipulados utilizando o FUSE, seria melhor criar uma interface com o FUSE do que dar suporte diretamente ao kernel.

Eu uso o MTP para conversar com meu Galaxy X. Para utilização, não necessário root, apenas faço:

~$ mount.mtpfs galaxy

E voilá!

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Deixe um Comentário


NOTA - Você pode usar estesHTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE