Arquivos Mensais: agosto 2014

IPv4 O fim está próximo e chegou!

Eu venho trazer um humor e ao mesmo tempo uma critica sobre o IPv4 e a internet brasileira. Dê umas boas risada no texto abaixo:

IPv6 já está rodando

No princípio, criou o analista a Internet. E a Internet era sem forma e vazia, apenas com 4 equipamentos. E foi a tarde e a manhã; o primeiro dia.

E fez o analista o IPv4, e viu que era bom. E foi a tarde e a manhã; o segundo dia.

E ligou o analista várias universidades à Internet, e viu que isso era bom. E foi a tarde e a manhã; o terceiro dia.

E fez o analista milhares de sites com muita informação interessante, e viu que isso era bom. E foi a tarde e a manhã; o quarto dia.

E acabou o analista com a guerra fria, e viu que isso era bom. E foi a tarde e a manhã; o quinto dia.

E liberou o analista o uso da internet para fins comerciais; e viu que isso era bom. E foi a tarde e a manhã; o sexto dia.

E colocou o analista todos os usuários na Internet. E disse: crescei e multiplicai, e enchei a Internet de todo tipo de material. Podereis fazer tudo, menos a Internet das coisas.

E viu que tudo era muito bom. E descansou o analista no sétimo dia.

Porém, os usuários não obedeceram ao analista e começaram a colocar todo tipo de equipamento na Internet. Desktops, Notebook, Tablets, Smartphones, geladeiras, televisões, relógios, etc. E viu o analista que a intenção do coração dos usuários era má, continuamente. E o analista disse, pelos seus profetas, que o IPv4 não iria aguentar. Mas, os usuários não deram ouvido, e criaram diversas formas para contornar o problema. Mascaramento, NAT, DHCP, reutilização de IPv4, etc.

Mas o analista avisou que isso não duraria muito tempo. E disse: enviarei o IPv6. E o IPv6 será a salvação da humanidade.

E o IPv6 veio, mas a maioria não o recebeu. Mas a todos que o receberam, deu-lhes o poder de serem chamados administradores de rede IPv6.

E perguntaram ao IPv6: que sinal haverá do fim do IPv4 e da vinda do IPv6?

E o IPv6 disse: haverá guerras e rumores de guerras virtuais, os administradores de rede ficarão estressados com o NAT, os usuários andarão na rua com seus Smartphones, olhando mensagens inúteis do Facebook e tropeçarão uns nos outros, o 3G estará congestionado com os vídeos do YouTube e as empresas andarão à procura de endereços IPv4, mas não encontrarão, a começar para região da Ásia.

Naquele dia, oferecerão uma grande quantia por um IPv4 e um alto salário para um analista que domine o IPv6. E quem não se converter certamente, morrerá.

E disse-lhes: pregai o IPv6 em todo o mundo. Fazei discípulos em toda a Terra. E o número de usuários IPv6 crescia. E profetizavam que o fim do IPv4 estava perto.

Quem tem ouvidos, ouça o que o analista diz aos usuários.

Eis que o IPv6 vem sem demora. Mas, lembre-se: se o pai de família soubesse a hora da noite que viria o ladrão, vigiaria e não o deixaria minar a sua casa. Da mesma forma, esteja preparado para que o IPv6 não te pegue desprevenido.

Agora a critica ao IPv4

Uma sátira, uma piada ou o que você achar melhor. Pouco tempo, aproximadamente 2 meses, descobri o motivo de tanto de alarde do Comitê Gestor da Internet, órgão responsável por gerir os IP no Brasil, que realmente era preciso desta mudança. Essa mensagem espalhou para muita gente que não era seu alvo como o usuário final, foi uma de falta de foco na sua mensagem onde a mensagem deveria chegar para provedoras de internet, as esmagadoras telecoms, como a Vivo, NET, Velox.

Acabou, não existe mais IPs para mais gente entrar. O que resta agora? O que muitos especialistas esperam, a lotação de todos os IPs vagos que as provedoras tem em mãos, o que estagna o crescimento da comercialização deste serviço.

Agora, que eles queriam ver o circo pegar fogo? acho que conseguiram.

[ATUALIZAÇÃO 05/01/2015]

Em uma matéria do Estadão, as teles queria fazer pressão à Anatel para que retirasse o poderes do NIC.br, o famoso Comitê Gestor da Internet, que expliquei na postagem original. Mas elas não deram nem ouvidos e agora se fizeram de vitimas para repartir entre elas as migalhas de IPv4 que já nem tem mais, pedindo posição da agencia reguladora.

Uma nova informação é que o NIC.br não tem poder regulamentar, somente fazer recomendações e traçou planos de ação/migração na esperança que pudesse ser ouvida e de fato nenhuma acatou as recomendações.

A volta dos que não foram

A volta dos que não foram! Estava morto este projeto, reviveu.

O motivo é que estou engajado na confecção de tutoriais diversos referente a administração GNU/Linux. Já era um lugar aprendizado, tanto que minha escrita melhorou de qualidade, agora entra em novo patamar, os artigos técnicos. Eu sei que peco neste ponto, em todos os meus artigos, mas deixo claro que os todos os artigos poderão sofrer melhorias, conforme expressei nesta postagem.

Pode até ficar parado por muitos anos, mas seu projeto, o seu sonho… não morrerá!

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE